Conserv

10 aspectos para analisar antes de terceirizar

Para uma empresa, a decisão de contratar um fornecedor de serviços de terceirização envolve algumas questões de gestão interna, uma vez que interfere diretamente no modelo de trabalho implantado.

É preciso, antes de tudo, verificar o que é melhor para o negócio, se abrir um processo de recrutamento e seleção para contratar, formar a equipe, capacitá-la e administrar diretamente os profissionais ou buscar no mercado empresas especializadas em terceirização.

A terceirização, atualmente, envolve diversas atividades profissionais, o que exige uma análise bastante aprofundada dos prós e contras para que a empresa tome uma decisão. Assim, com o objetivo de manter um bom relacionamento com a empresa contratada para terceirização, a contratante deve exigir a apresentação dos documentos que comprovem a regularidade de sua situação:

1- Certidões Negativas de Débitos

A empresa de terceirização deve estar em dia com a Previdência Social, com o FTGS e com os órgãos fiscalizadores e tributários. A apresentação das certidões negativas de débitos deve estar dentro do prazo de validade.

2- Cartas de recomendações técnicas de outros clientes

Cartas de recomendações técnicas de outros clientes são documentos importantes para certificar a empresa de terceirização contratada, atestando sua qualificação para a atividade.

3- Qualificação dos empregados contratados

Diante da necessidade de manutenção da qualidade dos serviços, a empresa de terceirização deve comprovar a qualificação de seus contratados, dentro dos requisitos exigidos para cada função.

4- Qualificação dos representantes da empresa

Os representantes da empresa de terceirização, dentro de suas respectivas funções, devem apresentar documentação que comprove sua capacidade técnica, como a exemplo de engenheiros e supervisores das áreas objeto da terceirização.

5- Ficha de registro dos empregados terceirizados

Para evitar problemas com a legislação trabalhista e, principalmente, com a área de segurança do trabalho, todos os empregados contratados pela empresa de terceirização devem estar com seus registros em ordem e essa documentação deve ser apresentada à contratante sempre que um novo empregado for admitido para qualquer função terceirizada.

6- Recibos de pagamentos de salários

Mensalmente, a empresa de terceirização tem por obrigação comprovar o pagamento dos salários de seus empregados através de cópias dos recibos de pagamento ou de depósito bancário.

7- Cartões de ponto

Juntamente com a fatura mensal, a empresa de terceirização deve apresentar o registro de ponto de seus empregados, sendo este a comprovação da prestação de serviços para a cobrança da fatura.

8- Comprovante de fornecimento do vale transporte

Atendendo à legislação trabalhista, o fornecimento de vale transporte é obrigatório para todo empregado optante. Esta opção é feita pelo empregado no momento de sua contratação, devendo ser apresentada à empresa contratante, assim como o fornecimento mensal aos empregados optantes, juntamente com a folha de pagamento.

9- Comprovante de recolhimento de contribuições previdenciárias

O recolhimento de FGTS e de INSS, de obrigação da empresa de terceirização, deve ser comprovado mensalmente junto à contratante, uma vez que esta é solidária em questões trabalhistas e a falta de recolhimento poderá torna-la responsável pelo tributo.

10- Recibo de férias

Na oportunidade de concessão de férias, a empresa contratante deverá ser avisada da substituição do funcionário que estiver gozando do benefício, devendo a empresa de terceirização apresentar o comprovante de pagamento dentro do prazo previsto pela legislação.

Fonte: http://www.ohub.com.br/

mais em notícias